Ir para o formulario de Email.

Home | Cultura | Lazer | Turismo | Informativos

     A Saga Do Bem E Do Mal

01 - Deus, anjos, Diabo, demônios, o bem e o mal. Será que tudo isto existe? Óbvio que sim. E a temática do nosso assunto será permeada destes personagens e o fruto que eles produzem: O bem o mal. Não se pode falar de bem e de mal, sem incluir a essência do bem: Deus e a essência do mal: Diabo.

02 - Deus, o ser supremo da criação, é personagem do nosso texto, porque Ele se colocou como personagem da criação humana, embora, principal, claro.

03 - Quando Deus criou os anjos, deu a eles o livre arbítrio, o livre agir e decidir, inclusive, se queriam ou não servi-Lo. E prova disto é que vários anjos, cerca de dois terços dos anjos não quiseram servir a Deus, e se rebelaram para servir a um anjo rebelde, de nome Lúcifer, que quer dizer: Iluminado. Este anjo, chamado Lúcifer, foi o primeiro a se rebelar contra Deus, e desejou tomar o trono de Deus, e levantou um grande exército contra Deus e lutou e luta contra Deus e seu exército até hoje.

04- Lúcifer, era o anjo mais belo dentre todos que foram criados por Deus, e era o chefe dos louvores que são ministrados a Deus pelos anjos diariamente. A ocupação deste anjo, era dirigir os louvores e passear no meio das pedras afogueadas, até que um dia ele percebeu que era o anjo mais belo e mais poderoso de toda a criação de Deus, -  Imagina-se que neste momento, os homens ainda não haviam sido criados por Deus, - ao perceber que era resplandecente e poderosíssimo, resolveu tomar o trono, não conseguindo, foi lançado na terra para tentar os homens.

05- Como Deus havia criado os anjos com o livre arbítrio, resolveu Deus, criar uma nova espécie ainda mais fraca que os anjos, dotada de inteligência superior e que também tivesse o livre arbítrio. E assim o fez: criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou, homem e mulher. A partir de um monte de barro, soprou em sua narina e lhe deu vida.

06 - Mas o homem tinha logo de partida, uma grande dificuldade: enfrentar o arquiinimigo Lúcifer, que agora passava a se chamar Satanás, ou príncipe das trevas, ou tentador, enganador, pai da mentira, príncipe da morte etc. e juntamente com ele, todo o seu exército de milhões de anjos caídos, que agora passavam a se chamar: demônios, enganadores, espíritos malignos etc.

07 - Como o homem era muito forte sozinho, e não poderia viver assim, porque via os animais com suas parceiras e desejava ter uma também, Deus criou, a partir de uma costela do homem, o lado frágil do homem: a mulher. Dotada de beleza singular, mas facilmente enganada pelo Diabo.

08 - Até a criação da mulher, não há relato de nenhuma investida de Satanás contra o homem para derrubá-lo, mas isto não significa que Satanás não tenha tentado.

09 - Satanás mentiu para a mulher, Eva, a derrubou, lhe fazendo pecar e levando o seu esposo ao pecado.

10 - Quando isto aconteceu, o pecado entrou na humanidade causando uma maldição eterna, que só poderia ser desfeita pelo sacrifício de um homem perfeito, que deveria ser acusado, preso, julgado, condenado e assassinado na cruz pelos homens, mesmo  sendo plenamente inocente e totalmente santo, puro e perfeito, imaculado.

11 - Este homem, que seria de carne e osso, e sujeito a todas as fragilidades humanas, dotado de toda fraqueza dos homens teria que ser totalmente homem e totalmente santo, do contrário a maldição não seria anulada.

12 - Isto era absolutamente impossível acontecer, porque nunca nasceu e nem jamais nascerá um só homem fruto de uma relação de homem com mulher que atingisse tal grau de santidade, que jamais tivesse cometido qualquer pecado.

13 - Diante desta enorme dificuldade, Deus só viu uma saída, enviou o seu filho amado, para morrer na cruz pelos nossos pecados. Como isto aconteceu: O Espírito de Deus veio sobre uma mulher de nome Maria e a fecundou, dai ser o Filho de Deus, totalmente homem e totalmente Deus. O impossível havia acontecido, porque para Deus tudo é possível. O filho de Maria, era a semente do bem para matar a semente do mal para todos os que Nele viessem a crer.

14 - Quando Deus criou o ser humano, inclusive o seu filho, Jesus, todos foram criados com o livre arbítrio, podendo se inclinar para o bem ou para o mal. Todos teriam liberdade plena de decisão, mas todos conscientes que um dia seriam chamados a pagar pelos seus atos maus, e receber recompensa pelo bem praticado.

15 - Por causa desta liberdade de ação, muitos homens decidiram fazer somente aquilo que lhes davam lucro, furtar, roubar, matar, estuprar, e muitas outras violência. Até que um dia, Deus se irritou com o homem e destruiu quase toda a humanidade, deixando quatro homens e quatro mulheres, Noé e sua família. Infelizmente, hoje em dia está do mesmo jeito.

16 - Todos nós somos descendentes dos filhos de Noé: Cão, Sem e Jafé. Certamente o DNA de toda a humanidade é muito parecido, quase igual, porque somos todos parentes muito próximos, praticamente irmãos. Só não somos mais próximos por causa do pecado que gera maldade nos corações dos homens.

17 - Diariamente os homens são confrontados com situações que eles têm que decidir entre fazer o bem e fazer o mal. Muitas vezes pecamos porque deixamos de fazer o bem achando que isto não é nossa obrigação. Quem pode fazer o bem, e não faz, peca do mesmo jeito que o outro que tinha a obrigação e não fez. Porque fazer o bem, é obrigação de quem foi confrontado.

18 - Existem pessoas que fazem o mal diariamente para sobreviver, porém, quando são confrontadas com situações de decisão, elas decidem fazer o bem porque dentro delas há uma força dizendo: Faça o bem e não o mal, - porque são do bem, decidiram por si mesmas a serem do bem. Quando estas pessoas estão em situação de cheque, - de vida e de morte, - Deus lhes dá o escape, não permitindo que morram, porque são úteis para a humanidade. Ao passo que, os maus não recebem este escape, e toda as vezes que o anjo da morte vem para levá-los, Deus deixa que isto aconteça.

19 - Fazer o bem é uma decisão de foro íntimo, é coisa muita especial e própria de poucos homens que sabem discernir entre o certo e o errado no momento da confrontação. Deus vê isto e recompensa.

Índice dos textos.


BrasilTurbo.com.br | Política de Privacidade | 1994 | Todos os Direitos Autorais Reservados.