Ir para o formulario de Email.

Home | Cultura | Lazer | Turismo | Informativos

     Comprando Um Cachorro

Vários são os fatores que devem ser considerados antes da compra do cachorro ideal para cada pessoa ou família. Na aquisição do animal, está implícito o comprometimento da pessoa ou família com este animal durante muito anos, provavelmente uns dez.

Existem diversas raças de cães, variando na pelagem, aptidão, tamanho, temperamento e outros. Para cada característica haverá uma variação nos cuidados, necessidades e convivências com o animal. Passamos a enumerar os fatores que consideramos mais relevantes na escolha do animal:

1 - O espaço e o tempo para o animal - Se o espaço é pequeno, o ideal é a aquisição de um animal de pequeno porte, especialmente se o dono não dispuser de muito tempo para passear com o animal. Se a escolha é um animal de grande porte, certamente, o espaço deverá ser bem maior e o dono, obrigatoriamente deverá dispor de mais tempo para passear com o animal, mas, é possível criar um animal de grande porte num espaço pequeno, desde que o dono compense passeando com o animal diariamente, do contrário o mesmo ficará estressado.

2 - Definição do papel do animal - É importante considerar que, se desejamos um animal para guardar o local, não podemos escolher um animal de companhia, que é dócil e meigo, e dificilmente irá atacar alguém.

3 - Tempo disponível para o animal - O poodle é peludo, manhoso e brincalhão e pelo menos uma vez por semana, carece de banho e escovação e carinho diário, além da tosa nos períodos mais quentes do ano, já que ele é animal típico de clima frio. O Pinscher é de pelo curto, também um tanto manhoso e brincalhão, necessitando apenas de banhos e escovação mais rápidas, porém este animal, não requer muitos cuidados como o primeiro. Estes dois, são animais de pequeno porte, ao passo que, os de grande porte exigem menos cuidados ainda.

4 - Temperamento do animal - Provavelmente, seja este o aspecto mais relevante a ser considerado antes da escolha. É na escolha adequada do temperamento que haverá uma melhor convivência do animal no seu novo lar. Para maior acerto no temperamento, deve-se considerar aspectos como: Tamanho do espaço, número de pessoas, crianças, adultos, idosos, se ficará muito tempo só ou terá companhia, outros cães, outros animais. Caso for conviver com uma única pessoa, deverá ter temperamento semelhante ao dono.

5 - Outro fator, a ser considerado é o sexo do animal, cada um tem as suas vantagens e desvantagens.

São muitas as raças e variados tamanhos dentro de cada raça, a escolha deve ser feita cautelosamente e criteriosamente, de maneira prática e racional, não levando em consideração apenas a parte estética e comportamental da raça. Após a escolha, é bom procurar conhecer ao máximo a raça, as necessidades do animal, seu temperamento, o tamanho que atingirá quando adulto, suas principais aptidões. Conversar com médicos veterinário, adestradores e criadores sobre a raça escolhida.

Fazendo assim o animal será de grande valia para o seu dono e familiares, proporcionando alegria e companheirismo.

Indice dos textos.


BrasilTurbo.com.br | Política de Privacidade | 1994 | Todos os Direitos Autorais Reservados.